Segurança/Equipamento

 
 
A segurança é algo que ganha nova dimensão se estamos a participar numa actividade de grupo. Isto porque se um elemento sofrer um precalço, todos os outros serão afectados. Por isso, é necessário procurar minimizar as probabilidades de algo desse género. Ter senso comum, é topo na lista, mas alguns acessórios de equipamento ajudam a aumentar o conforto e consequentemente a libertar a mente para melhores julgamentos.

A segurança começa, na escolha e preparação da actividade; Se queres ir para o monte, avia-te em terra. Estimar a duração, meios de orientação, grau de dificuldade, previsão metereológica, por ex, são requisitos básicos. Por vezes é necessário obter autorização prévia para trilhar certas porções do Parque Nacional, as Zonas de Proteção Total, e ao fazermos isso, creio estarmos a contribuir para a causa da segurança também.

Quanto a equipamento, algumas considerações gerais:
 
Botas de caminhada, são, inquestionavelmente, em pisos irregulares, o principal. Os tornozelos protegidos, e o conforto das botas modernas ajudam a reduzir o esforço e a probabilidade de acidente.
 
Roupa leve, respirável, e conforme os casos, impermeável, quente ou resistente ao vento, é importante. Camadas que se podem rapidamente, acrescentar ou retirar, de forma a manter a temperatura corporal agradável em todos os momentos.
 
Mochilas, há muitas. O tamanho da dita, para uma caminhada de umas horas, não deverá ser grande. Com experiência, o caminhante saberá carregar menos e melhor. Menos peso nas costas, significa sem dúvida, melhor disfrute da actividade, mas, reconheço que algumas coisas que transportamos são importantes também.

Cajado/Vara/Pau. Não o dispenso. Prefiro-o a bastão de caminhada, mas um bastão é sem dúvida também uma opção. Requer no entanto, no primeiro caso, alguma aprendizagem, inicial, pois o trabalho de braços torna-se complementar ao das pernas. A recompensa é enorme, fala-vos este humilde caminheiro.

Há muitos itens que cada um pode considerar mais ou menos importantes, e posso reconhecer que um caminheiro teoricamente impreparado e desequipado, pode ter sucesso na actividade, mas isso é como practicar uma alimentação mais saudável; não nos garante imunidade às doenças, ou melhoria de qualidade de vida, mas que aumenta drasticamente essa probabilidade, lá isso aumenta.

 
 
 
Enviar um comentário