domingo, 1 de maio de 2016

Rio de Frades - Arada - Freita

Neste lindo dia, por terras do Maciço da Gralheira, Rio de Frades foi o ponto de partida. O percurso aravessou trechos de outros PRs, como por ex: o do Carteiro ou a Rota do Ouro Negro. Passagem pelo túnel das Minas de Rio de Frades, pelas aldeias de Cabreiros, Tebilhão e Cando. O planalto da freita é magnífico e a nascente do Rio de Frades foi atingida bem como o marco geodésico do Vidoeiro. Desde o ponto de partida a cerca de 350m de altitude o declive subiu até aos 1100m. Distãncia total 19km. Dificuldade: Muito elevada.





Estas terras de Arouca têm declives impressionantes e infelizmente, vários trechos belíssimos percorridos hoje, estão prácticamente intransitáveis e completamente ocultos e em desuso. Foi preciso muita capacidade de sofrimento para usufruir de verdadeiras pérolas paisagísticas. Deste dia, ressalvo a diversidade de registos paisagísticos: caminhos de xisto, incursão nos túneis de minas, aldeias, percusrso rural, de montanha, bosques e cumeadas de tirar o fôlego. Estas serranias são extraordinárias e merecem melhor estatuto e preservação. Ponto negativo para mim, a descaracterização das aldeias que são completamente desordenadas e pontilhadas por habitações muito díspares em cores e arquitectura. Também nota importante sobre o desperdício de trilhos das gentes locais construídos com muito labor ao longo de séculos, e muito bonitos, que por não serem aproveitados, estão completamente intransitáveis e escondidos. Alguém como eu que caminha com regularidade á vários anos, afirma, que alguns destes trilhos escondidos que percorri hoje são autênticas pérolas, e mereceriam muito mais serem postos a uso do que a construção desses mamarrachos/atentados abientais chamados passadiços.
Quanto ao resto? Muito bom.














3 comentários:

Vigi disse...

Uma bela Serra... Paisagens impressionantes! Thanks for sharing 😉. Abreijo

Joaquim Teixeira disse...

Maravilhosas fotos, com surpreendentes paisagens.

Alberto Pereira disse...

Impecável!