quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Corga do Salgueirinho

Dia frio e cinzento...exteriormente; por dentro, o calôr da descoberta e do companheirismo, leva-nos monte acima até à Corga do Salgueirinho, logo a seguir ao Curral da Touça. As vistas para Porta Ruivas, e o Vale do Rio Laço são excelentes. Grandes paredes, grandes vistas. Algum cuidado a atravessar o Rio da Touça e ao caminho.

A Corga do Salgueirinho é pouco ou nada utilizada, bem como o seu curral. Um possível abrigo que tenha existido deixa dúvidas, e a ter sido, está quase irreconhecível. Existe um abrigo, não no curral, mas mais abaixo, aproveitando um penedo, que tem vestígios de mão humana, com pequeno murozito e pouco mais. 

Na hídrica do Porto da Laje, a comporta aberta, deixava escoar muita da areia açoreada, e talvez assim, possa acomodar mais volume de água, quando voltar a ser fechada. Grande contraste com os dias de verão, onde mergulhar é apetecido.

Ainda uma paragem mais, no Curral do Virtelo.







 Corga do Salgueirinho
 abrigo do penedo











 Curral do Virtelo

2 comentários:

Órion disse...

Olá Alexandre

Sempre senti a tentação de subir pela corga do salguerinho acima, projecto que fui adiando ao longo do tempo. Há uns meses atrás em conversa com um pastor de Fafião falou-nos de um antigo trilho ao longo da corga que ligaria às soengas e velas brancas. Mas esse trilho não é utilizado à muito tempo e encontra-se cheio de mato.

Abraços

Célitos disse...

Olá Alexandre, fotos maravilhosas, lindas mesmo....

abraço